Últimas

terça-feira, 7 de julho de 2015

Policias rodoviários federais entregam cargos de chefia

Policias rodoviários federais entregam cargos de chefiaO ato faz parte de campanha encabeçada pela Federação Nacional dos Policiais Rodoviários federais

Publicação: 06/07/2015 09:19 Atualização:

Policiais Rodoviários Federais de Pernambuco que desempenham atividades internas da Polícia Rodoviária Federal (PRF) entregam cargos e funções de chefia, e pedem para retornar às atividades externas — nas rodovias — da PRF. Os policiais exigem a implementação da reestruturação do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF). O ato será realizado nesta segunda, às 14h, na sede da Superintendência Regional da PRF, situada à Av. Antonio de Goes, 820, Pina.

A manifestação do Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais em Pernambuco (SINPRF-PE) é mais um passo da Campanha de Reestruturação de 2015 - Valorizar o policial rodoviário é preciso - organizada pela Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais (FenaPRF) e seus sindicatos filiados e serve de alerta contra o recente posicionamento do Tribunal de Contas da União (TCU) e orientação do Ministério Público Federal do Distrito Federal (MPFDF). O TCU e MPFDF querem retirar a aposentadoria especial dos policiais rodoviários federais que desempenham as atividades internas, extremamente necessárias e complementares ao trabalho do policial que atua diretamente nas rodovias federais.

Segundo o sindicato, o acórdão 1829/2014 do TCU tenta retirar dos policiais o direito à aposentadoria “especial”. O tribunal alega que os policiais precisam comprovar 20 anos de efetiva atividade estritamente policial, desconsiderando a natureza perigosa do cargo. Pela regra, após 30 anos de serviço, sendo pelo menos 20 em cargo policial, o servidor tem direito à aposentadoria por atividade de risco.

Para o SINPRF/PE a atividade de risco, que dá o direito à aposentadoria especial ao policial, está legalmente vinculada à LC 51 e é atrelada ao cargo exercido, independentemente do local em que esse servidor atua dentro da PRF.
Leia Mais...

Rapaz é preso após agredir mulher, sogro e policias em município de MS

Rapaz é preso após agredir mulher, sogro e policias em município de MS

Caso aconteceu na madrugada desta segunda-feira (6), em Dourados.
O suspeito foi encaminhado para a delegacia do município.

Um rapaz de 26 anos foi preso após agredir a esposa, o sogro e policiais na madrugada desta segunda-feira (6), em Dourados, a 214 quilômetros de Campo Grande.
De acordo com informações do registro policial, o jovem havia ingerido bebida alcoólica e agrediu a mulher, de 27 anos, com socos no rosto e na cabeça. Ao defendê-la, o pai dela, de 75 anos, também foi agredido. Ele teve o joelho machucado.
As agressões ocorreram às 2h (de MS). Segundo informações do boletim de ocorrência, policiais foram até a casa do suspeito e foram recebidos com socos. Os militares atiraram com bala de borracha e só então o rapaz deu fim às agressões.
O agressor foi encaminhado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do município. O caso foi registrado como lesão corporal dolosa em situação de violência doméstica, ameaça, desobediência e resistência.
Leia Mais...

Ser policial, ser humano

                     Ser policial, ser humano

                                        SEGURANÇA PÚBLICA 
Neste ano de 2015, completo 26 anos de serviços prestados à causa da Segurança Pública. Minha profissão é defender os outros e fazer cumprir a lei. Uma missão muito difícil em um país que, mesmo sem conflitos religiosos ou étnicos, sem disputas territoriais ou guerra civil, consegue exterminar mais cidadãos pelo uso de armas de fogo do que muitos conflitos armados contemporâneos, como a guerra da Chechênia, a guerra do Golfo, as várias Intifadas, as guerrilhas colombianas ou a guerra de libertação de Angola e Moçambique.

Infelizmente, as consequências dessa violência atingem o agente de segurança com a mesma ferocidade que atinge o cidadão, pois não é por sermos policiais que deixamos de ser humanos. No entanto, pelo mister que abraçamos, ao jurarmos defender a sociedade, mesmo com o sacrifício da própria vida, quando saímos de casa para trabalhar, deixamos incertezas quanto ao nosso retorno, pois, no nosso labor, a busca pelo perigo é constante e isso nos faz diferentes.

Um humano diferente no vestir, no falar, no agir, que é capaz de dar a própria vida em prol do próximo. No entanto, é humano. Tem família, amigos, sonhos, propósitos a serem atingidos e, ao ser morto na sua digna missão, deixa saudades, muitas saudades. Por isso, a morte do policial carrega consigo vários simbolismos. Dentre eles, a sensação de que toda a sociedade morre um pouco com a sua morte.

No Brasil, 490 policiais foram mortos em 2013. É o país no mundo em que mais policiais são mortos no cumprimento do dever. No Ceará, 116 policiais foram assassinados em nove anos. Uma média de um policial assassinado a cada mês. Sei que grande parte da população reconhece o valor do profissional de segurança pública e o seu desprendimento no combate à criminalidade.

No entanto, apesar da nossa dor em velar companheiros mortos e em acalentar famílias sofrendo a perda do ente querido, ainda temos que justificar aos críticos a nossa presteza quando conseguimos prender marginais que matam nossos colegas.

O mais lamentável, ainda, é ver, entre esses críticos, um parlamentar, caricaturado de apresentador de programa policial, o qual conquista seu eleitorado difundindo o medo e a violência na televisão, criticando o trabalho policial com declarações desrespeitosas àqueles que são os guardiões da sociedade. Exigimos respeito a esses heróis e honra aos mortos.
Leia Mais...

Realities policiais movimentam a grade da TV

Realities policiais movimentam a grade da TVProduções focadas em crimes e investigações como Operação de risco, na RedeTV!, e Polícia 24h, na Band, conquistam a atenção do público



Reality documental
Reality documental "Emergências Noturnas" estreou no canal Pago A&E. Foto: A&E/Divulgação.

A curiosidade humana em torno de acidentes, crimes e riscos fez surgir uma espécie de programa muito forte na tevê. Os reality shows policiais, focados em crimes e nas investigações dos casos, se solidificam nas grades de programação na TV aberta e fechada.

Dois programas chamam a atenção: Operação de risco, da RedeTV!, ePolícia 24h, exibido pela Band. O primeiro se gaba de ser o precursor do gênero no Brasil e mostra todas as ações, inclusive com episódios nos quais bandidos aparecem mortos - sim, há a tarja sobre os rostos. O da Band mostra a vida difícil dos policiais de São Paulo e do Rio de Janeiro.

Nos canais fechados, a situação não é diferente. O A&E estreou na segunda passada o Emergências noturnas, que retrata a ação de bombeiros e policiais nas ruas. Já o canal Lifetime tenta fazer um pouco diferente e consegue até sair da mesmice - mas não da exploração dos dramas -, colocando mulheres à frente da atração. Em Mulheres em ação, série brasileira produzida pela MediaLand, as agentes de São Paulo têm que enfrentar dois problemas: as ocorrências e o preconceito. Entre todos, é o que mais apresenta realmente as questões vividas pelas autoridades.

Noticiários policiais da TV aberta incorporam elementos de reality show, como Cidade alerta, da TV Clube/Record, e Brasil urgente, na Band. As características aparecem, principalmente, quando acompanham uma perseguição policial. Recentemente, o primeiro exibiu um policial baleando um suspeito durante uma ação. 
Leia Mais...

Homem invade casa na Mooca e morre em confronto com policiais

Homem invade casa na Mooca e morre em confronto com policiais

Outro assaltante ficou ferido durante troca de tiros neste domingo (5).
Segundo delegado, um terceiro envolvido pulou muro e conseguiu fugir.


Um homem morreu e outro ficou ferido durante confronto com policiais civis do Grupo de Operações Especiais (GOE), por volta das 16h deste domingo (5), na Mooca, na Zona Leste deSão Paulo. Segundo a Polícia Civil, três homens invadiram uma residência na região e foram flagrados pela equipe policial, que entrou na casa e foram recebidos a tiros. Um dos envolvidos pulou o muro e conseguiu fugir.
De acordo com o delegado Guilherme Lazo Solano Filho, supervisor do GOE, "diversos objetos da casa e pertences da família já haviam sido colocados dentro de um dos veículos das vítimas. É uma família de orientais, que está viajando. Os donos da casa são idosos e não estavam no imóvel no momento do assalto."
Segundo ele, a ação do trio foi descoberta quando uma equipe do GOE fazia policiamento na região e desconfiou do portão da garagem aberto. "A equipe passou pelo local e viu o portão basculante da garagem aberto pela metade. Eles desconfiaram e, ao olhar para dentro do imóvel, perceberam que uma janela estava quebrada."
Solano informou ainda que o trio usou um macaco mecânico para estourar o vidro do vitrô e entrar na casa. "A equipe entrou na caa e já houve o confronto. Dois dos assaltantes foram baleados, um deles morreu na parte de trás da casa e o outro ficou ferido em um corredor lateral do imóvel. O terceiro conseguiu pular o muro e fugir pelo telhado das casas vizinhas."
O delegado disse que os assaltantes estavam armados de revólveres calibre 38. "Alguns vizinhos do imóvel nos relataram que chegaram a achar estranho que três homens passaram a tarde andando pelo bairro olhando casas da região, mas não chegaram a chamar a polícia. Ainda não temos certeza que esses três homens que foram vistos no bairro são os mesmos que entraram nesta casa, mas pode ter algum vínculo."
Leia Mais...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

PM realiza mais de 7 mil abordagens a veículos nas rodovias estaduais

Quinta-feira, 25 de Junho de 2015

PM realiza mais de 7 mil abordagens a veículos nas rodovias estaduais

Camaçari Notícias

A Operação São João 2015 nas rodovias estaduais, realizada pelo Batalhão de Polícia Rodoviária e Companhias Independentes de Polícia Rodoviária da PMBA, abordou 7.641 veículos nos seis dias de operação, que teve início na última sexta-feira (19) e seguiu até a manhã de hoje (25).


Dos veículos abordados, 1.948 foram autuados e 67 retidos, além do recolhimento de 21 Carteiras Nacional de Habilitação (CNHs) e 78 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV). Comparando ao mesmo período no passado, houve aumento no número de abordagens a veículos de 134,74% e na extração de autos de 158,35%, aumentando a produtividade em relação aos anos anteriores. 


Nas abordagens a 11.371 pessoas, uma delas foi encaminhada à delegacia por dirigir sob o efeito de bebida alcoólica, após exame comprobatório. O infrator transitava na BA-409, no trecho entre as cidades de Serrinha e Conceição do Coité. 


Ao todo, foram registrados 75 acidentes, sendo que destes 38 envolveram vítimas. Das 56 vítimas de acidentes, 35 tiveram ferimentos leves, dez tiveram ferimentos graves e 11 foram fatais.
Leia Mais...

Policiais cumprem dois mandados de prisão em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão

Policiais cumprem dois mandados de prisão em Santa Maria da Boa Vista, no Sertão

Durante a realização em uma Operação Conjunta envolvendo as equipes da Malhas da Lei e NIS-04 da7ª CIPM e NIS-02 do 14º BPM, além da Polícia Militar do Ceará, a GT de Fiscalização do CECOP juntamente com o GATI, Polígono de Caraíbas e ROCAM da 7ª CIPM, prenderam o elemento: ROGÉRIO BRASILIANO DA SILVA, de 32 anos, o qual tem em seu desfavor um Mandado de Prisão (nº 5710-89.2011.8.26.0236.0001), expedido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, pela prática de homicídio simples, além de outro Mandado de Prisão Temporário (nº 2015.0305.003656), expedido pela comarca de São José do Belmonte, no Sertão de Pernambuco, onde é acusado de roubo.

No mesmo local, no Largo do CEASA na Orla Fluvial de Santa Maria da Boa Vista-PE, foi preso o indivíduo: ADAILTON PAULINO DA SILVA, de 32 anos, que tem em seu desfavor um Mandado de Prisão Temporário (nº 2015.0305.003657), expedido também pela comarca de São José do Belmonte, no Sertão de Pernambuco, pela prática de roubo.

Os dois imputados foram entregues à equipe do NIS-02 do 14º BPM, que conduziram os mesmos até a cidade de São José do Belmonte onde foram apresentados na Delegacia de Polícia Civil de Serra Talhada e posteriormente encaminhados para a Cadeia Pública local onde ficaram à disposição da justiça local.
Leia Mais...

Policia Civil de Petrolândia prende dois traficantes, apreende 300 kg de maconha e uma pistola 380

QUARTA-FEIRA, 24 DE JUNHO DE 2015

Policia Civil de Petrolândia prende dois traficantes, apreende 300 kg de maconha e uma pistola 380

Na madrugada desta quarta-feira, dia (24), Policiais Civis sob o comando do Delegado Dr. Roberto Fonseca realizaram um bloqueio na BR-316, próximo aos Mandantes, zona rural do município de Petrolândia, no Sertão de Pernambuco. Onde prenderam dois elementos de nomes: Welington Rodrigo da Silva e Bruno Rigley Alves Itacarambi. 
Segundo o nosso parceiro Jair Ferraz, os mesmos estavam dirigindo duas carretas pela rodovia transportando 300 (trezentos quilos de maconha), e que segundo informações, a droga tinha origem no estado do Maranhão e estava indo para a cidade de Caruaru no agreste do estado de Pernambuco. 

Com os dois elementos foram apreendidos R$ 2.700,00 (dois mil e setecentos reais) em espécie, 01 (uma) pistola calibre 380, um carregador com 10 (dez) munições do mesmo Cal.


A carreta de cor vermelha tem a placa ACV-0113, e a de cor branca tem a placa KCF-5306, ambas da cidade de Goiânia, capital do estado de Goiás.
 

Um dos motoristas levava consigo, nada mais e nada menos do que 04 (quatro) Carteira Nacional de Habilitação todas falsas, e cada uma com um nome diferente.
 Os elementos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de Petrolândia onde se encontram no momento sendo ouvidos pelo Delegado Dr. Roberto Fonseca. (Com informações do nosso parceiro Jair Ferraz)
Leia Mais...

CIOSAC prende três elementos com 14 bananas de dinamite e droga em Petrolina, no Sertão de PE

QUINTA-FEIRA, 25 DE JUNHO DE 2015

CIOSAC prende três elementos com 14 bananas de dinamite e droga em Petrolina, no Sertão de PE

Policiais Militares da equipe (CIOSAC) prendeu após denuncias, nesta última terça-feira (23) em uma residência do bairro João de Deus em Petrolina-PE, dois homens e uma mulher.Eduardo Pereira de Souza, de 25 anos, Cicero Elton de Oliveira, de 29 anos e Maria do Carmo Santos da Silva, de 49 anos. Com Eduardo foi encontrado 2 gramas de maconha e 40 gramas de cocaína. Com Cicero Elton de Oliveira e Maria do Carmo foram encontrados na residencia deles 14 bananas de dinamite, nove cordões detonantes, 50 cartuchos de calibre 9 milímetros, 18 cartuchos de calibre 50 milímetros, seis tubos de cloridrato de lidocaína, para produção de cocaína, uma máscara de gás com filtro, R$ 624 reais em especie.
Cicero informou aos policiais que o material encontrado em sua casa, seria usado para roubar bancos no estado da Bahia. Os três elementos e todo o material apreendido  foram encaminhados para a Policia Federal em Juazeiro.
Leia Mais...

Um dos suspeitos de matar policial militar em Caldas do Jorro é preso

Um dos suspeitos de matar policial militar em Caldas do Jorro é preso

Soldado estava de férias, na casa de parentes, quando foi atacado.
Suspeito foi preso no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana.

Um dos suspeitos de matar o policial militar José Robson dos Santos Costa, dentro de uma casa em Caldas do Jorro, distrito do município de Tucano, a cerca de 250 quilômetros de Salvador, na noite da última quarta-feira (14), foi preso na tarde desta quinta (25), no Hospital Clériston Andrade, em Feira de Santana.
Segundo informações da delegada Dorean dos Reis Soares, a polícia tinha a informação de que o PM conseguiu efetuar um disparo contra a dupla que o atacou, e que ele poderia ter acertado um dos dois. "Com isso, os hospitais estavam sendo monitorados. Quando chegou a informação de que uma vítima de tiro deu entrada no Clériston, uma equipe foi até o local e tirou uma foto do rapaz baleado. Uma testemunha do crime o reconheceu e ele foi preso", conta a delegada.
Ainda segundo a delegada, o outro suspeito já foi identificado e está sendo procurado pela polícia.
Crime
O soldado José Robson dos Santos Costa, de 41 anos, estava de férias com a família em uma residência de parentes, quando foi atingido pelo disparo no peito. Ele chegou a ser socorrido para o Hospital Municipal Mariana Penedo, mas não resistiu aos ferimentos. As outras pessoas que estavam na casa não ficaram feridas.
Segundo informações do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Tucano, o PM era lotado na Companhia de Ações Especiais do Litoral Norte da cidade de Esplanada (CIPE- Litoral Norte). O crime ocorreu por volta das 20h de quarta-feira, na rua do Zumiro.
Através de nota, a Polícia Militar informou que, segundo informações das pessoas que estavam na residência, dois homens invadiram a casa armados e obrigaram que todos deitassem ao chão. Ainda segundo a nota, informações dão conta que os elementos perguntaram pelo policial e logo em seguida efetuaram um tiro contra ele. De acordo a polícia, testemunhas informaram que os suspeitos estavam com duas armas.
Ainda segundo a nota da PM, após o crime, as testemunhas foram encaminhadas para a Delegacia Territorial da cidade. José Robson fazia parte da corporação há 18 anos. O corpo dele foi levado para o Instituto Médico Legal de Euclides da Cunha.
Leia Mais...

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Polícias Civil E Militar Realizam Operação Triatox Em Parintins

Polícias Civil E Militar Realizam Operação Triatox Em Parintins

Operação Triatox (2)As polícias Civil e Militar de Parintins, com o apoio do Departamento de Polícia do Interior(DPI) e Delegacia Fluvial (Deflu), realizaram na manhã do último sábado,(20), a Operação Triatox.
Foram cumpridos 28 mandados de busca e apreensão, em locais identificados pelos policiais como “bocas de fumo” em Parintins.
Nos endereços abordados, várias pessoas foram presas em flagrante delito, além da apreensão de drogas e arma de fogo.
Ao todo, foram detidas 11 pessoas, sendo 6 em flagrante. Dos 30 mandados expedidos, 28 foram cumpridos.
Leia Mais...

Ação conjunta entre policias deflagram operação contra narcotráfico

Ação conjunta entre policias deflagram operação contra narcotráfico

Segunda-Feira, 22 de Junho de 2015 / 07:58 - Atualizado em Segunda-Feira, 22 de Junho de 15 / 8:39
Na manhã de domingo (21/06) uma ação integrada entre as Polícias Civil, Militar e Rodoviária Federal de Ji-Paraná/RO resultou na desarticulação de uma das maiores organizações criminosas especializada em narcotráfico daquela região.
As investigações da operação “Ostentação” iniciou há seis meses e neste ínterim foram realizadas 16 prisões em flagrante delito com apreensão de 12 quilos de cocaína em Ariquemes/RO, 753 quilos de maconha em Comodoro/MT, dentre outras que totalizaram 27 quilos de cocaína e 765 quilos de maconha.
Foram realizadas ao total 50 prisões no decorrer da operação, sendo 47 temporárias e 3 (três) preventivas, além de 33 mandados de buscas deferidos pelo Judiciário e cumpridos pela polícia.
Também foram apreendidos 34 veículos, sendo 15 carros e 19 motocicletas, 3 (três) armas de fogo e 02 (duas) prensas para refinar droga. Estas prensas foram localizadas neste domingo (21) num depósito de cocaína, pertencente à organização criminosa. No local também foram apreendidos 15 quilos de pasta base de cocaína.
Ainda, na manhã daquele domingo (21), foram apreendidos 8 (oito) quilos de maconha, que estavam enterrados na casa de um dos membros da organização, além de dois de seus supostos líderes.
Através das investigações constatou-se que a organização criminosa comprava a droga no Paraguai por R$ 100,00 o quilo e a vendia, em Ji-Paraná e regiões, por R$ 1.200,00 o quilo. Era uma espécie de consórcio.
Vale ressaltar que no decorrer da operação foram evitados roubos e esclarecidos homicídios. Outras prisões poderão ocorrer como resultado da ação deste domingo.
Por ser uma operação de grande vulto houve necessidade de um grande apoio logístico das forças policiais, da Secretaria de Segurança, Defesa e Cidadania, bem como do Poder Judiciário e Ministério Público.
A ação foi coordenada pelo Departamento de Polícia do Interior (DPI), na pessoa de seu Diretor Eliseu Muller, em parceria com a Regional de Ji-Paraná e demais membros já citados.
Participaram da ação, aproximadamente, 250 policiais com mais de 50 viaturas e helicópteros. Essa grande ação demonstra à sociedade rondoniense que as Instituições estão fortes e unidas no combate à criminalidade, independente de quem esteja envolvido.
 

Confira as fotos

Leia Mais...

Polícia Civil incinera mais de 36 toneladas de drogas em Campo Grande

Polícia Civil incinera mais de 36 toneladas de drogas em Campo Grande

Segundo divulgou a assessoria do governo, grande parte dos entorpecentes destruídos, 36,7 toneladas referem-se a maconha e 47,6 quilos de substâncias como cocaína e crack

Alberto Gonçalves

Divulgação/Secom MS
Incineração de drogas da policia civil
Polícia Civil incinera mais 36 toneladas de drogas
A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul incinerou em Campo Grande na manhã desta terça-feira (23), 36,8 toneladas de drogas apreendidas pelas polícias em Mato Grosso do Sul, no primeiro semestre deste ano.

Segundo divulgou a assessoria do governo, grande parte dos entorpecentes destruídos, 36,7 toneladas referem-se a maconha e 47,6 quilos de substâncias como cocaína e crack, por exemplo, que representam parte das mais de 120 toneladas já apreendidas este ano em MS, pelas Polícias Civil, Militar, Rodoviária e Departamento de Operações de Fronteira (DOF).

“Chegamos a situação limite no combate ao tráfico de drogas, com as propostas de legalização da maconha e com a não punição dos usuários, que fizeram explodir os índices de apreensões no Estado”, disse durante o ato o delegado Rodrigo Guiraldelli Yassaka, titular da Denar.

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apontam que em comparação com o primeiro semestre de 2014, este ano apresentou um crescimento de quase 40% nas apreensões de drogas. Para o Delegado-Geral da Polícia Civil, Roberval Maurício Cardoso Rodrigues, o aumento é resultado da integração entre as forças policiais e também da valorização dos policiais. “As polícias estão mais integradas e os nossos efetivos mais motivados, o que reflete em mais apreensões, mais prisões e consequentemente mais segurança para a sociedade”, destaca.
Divulgação/Secom MS
Incineração de drogas da policia civil
Polícia Civil incinera mais de 36 toneladas de drogas
Já o superintendente de Segurança Pública da Sejusp, delegado Antônio Carlos Videira, que representou o secretário de Justiça e Segurança Pública, Sílvio Maluf, atribuiu o crescimento das apreensões de drogas em Mato Grosso do Sul aos investimentos realizados pelo Governo do Estado na faixa de fronteira, especialmente em efetivo. “Esse aumento traduz a eficiência dos nossos organismos de segurança, em respostas aos investimentos que tivemos com a contratação de mais policiais e aquisição de equipamentos para as polícias de fronteira”, frisa Videira.

Dados do Ministério da Justiça mostram que dos estados brasileiros, Mato Grosso do Sul é recordista de apreensões, com 230 toneladas tiradas de circulação em 2014, volume jamais apreendido pelas forças estaduais. E a expectativa é que este número seja superado este ano, já que houve crescimento significativo nas apreensões. “Não estamos inventando a roda, apenas trabalhando muito e trabalhando integrados, o que faz com que o nosso Estado e as nossas polícias sejam diferenciadas”, finalizou o Comandante-Geral da Polícia Militar, coronel Deusdete Souza Oliveira Filho.

A incineração teve a presença do presidente do Conselho Estadual Antidrogas de Mato Grosso do Sul (CEAD/MS), promotor Sérgio Harfouche, de representantes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, do Ministério Público, da Coordenadoria Geral de Perícias e da Vigilância Sanitária do Estado.
Leia Mais...
Editado por - Grupo Bizolhudo